tjpb_

TJPB determina volta imediata ao trabalho

tjpb_Mais uma vez depois de uma ação rápida da Procuradoria Geral do Município de Campina Grande a Justiça entendeu ser ilegal o movimento de greve deflagrado há semanas pelo Sintab. Dessa vez, a decisão pela ilegalidade foi do Tribunal de Justiça da Paraíba, através do desembargador Oswaldo Trigueiro do Vale Filho, na manhã desta sexta-feira, 14.

Além de considerar ilegal o movimento grevista, o desembargador determinou o retorno imediato dos servidores às atividades. Essa foi a terceira vez desde 2013 que a Justiça paraibana reconheceu a ilegalidade e a falta de justificativas para os movimentos de greve realizados pelo Sintab. Com isso, os cidadãos de Campina Grande poderão ter de volta o direito fundamental de acesso aos serviços de saúde no município diariamente.

“A greve, que prejudicava pessoas carentes, foi deflagrada em face da aproximação do período eleitoral. Porém, mais uma vez fica clara a falta de razões que justifiquem esse movimento. E mais uma vez a Justiça paraibana percebe que esse tipo de iniciativa apenas provoca prejuízos para a população e para quem mais precisa”, considerou o procurador geral do Município, José Fernandes Mariz.

Ele ainda destacou que a Procuradoria Geral de Campina Grande vai continuar atenta à defesa dos interesses do Município e de sua população. “Não iremos permitir que o vereador e presidente do Sintab, Napoleão Maracajá, ou qualquer outro agente político possa prejudicar a população da cidade em nome de interesses eleitoreiros”, finalizou Mariz.

Fonte /  Imagem: TJPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOPO