STTP reúne mototaxistas e define vagas nas novas praças

reuniao_sttpA gerente de transportes da STTP, Araci Brasil, vem se reunindo com todos os mototaxistas permissionários de pontos situados na região central de Campina Grande para definir a quantidade de motos nas praças que serão implantadas e estabelecer quais motoqueiros ocuparão essas vagas.

Conforme combinado com o próprio sindicato da categoria, o critério de escolha está sendo o da ordem decrescente (antiguidade), ou seja, de quem está estabelecido há mais tempo ao mais recente nos pontos atuais.

A partir de agora, cada ponto de mototáxi terá um cadastro com o número da jaqueta atrelado ao ponto, de modo que cada mototaxista só poderá fazer praça no seu ponto definido, como já acontece com os táxis. “Juntamente com os mototaxistas permissionários, a STTP democraticamente está redefinindo a quantidade de motos por ponto, a fim de otimizar a rotatividade, melhorando a quantidade de corridas por motoqueiro”, declarou Araci Brasil.

Ela informou ainda que a medida acabou forçando a criação de novos pontos, que abrigarão as motos excedentes em outras localidades centrais da cidade, como a Rua Peregrino de Carvalho.

Campina Grande hoje conta com um efetivo de mais de mil mototaxistas cadastrados e 35 pontos oficiais nas vias centrais da cidade, além de inúmeros outros pontos localizados nos bairros e distritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO