STTP intensifica fiscalização de veículos parados ou estacionados na Avenida Canal

sttp_fiscalizacaoA partir deste sábado, 01 de junho, a Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), vai intensificar a fiscalização da proibição de parar e estacionar no lado direito da Avenida Canal. A ação é parte do programa de mobilidade urbana que vai permitir a ampliação do trecho interligando a FIEP ao viaduto Elpídio de Almeida, oferecendo mais uma faixa na pista de rolamento e a conseqüente criação de um corredor exclusivo para ônibus. 

Durante dez dias, equipes da Divisão de Educação de Trânsito da STTP estiveram realizando campanha educativa, com farta distribuição de panfletos, informando aos condutores de veículos sobre a mudança de estacionamento naquela avenida, cujo projeto também inclui alterações na sinalização, instalação de novos abrigos para usuários de ônibus e construção de três passarelas, melhorando a acessibilidade. 

De acordo com o Vicente Rocha, superintendente da STTP, as obras de alargamento da Avenida Canal estão sendo realizadas em parceria com a Secretaria de Obras e objetivam melhor o fluxo de automóveis, reduzindo possíveis congestionamentos naquela área. A intensificação da fiscalização, a partir deste sábado, é para garantir o andamento do cronograma de ações no setor. 

Com o fim da campanha educativa, os agentes da STTP estarão monitorando todos os trechos da Avenida Canal, para garantir o cumprimento da alteração de trânsito. E, de acordo com o artigo 181 do CTB, aqueles que insistirem no estacionamento irregular serão punidos com a aplicação de multa, no valor de R$ 127,69, e cinco pontos na CNH, resultantes de infração grave. 

Segundo o superintendente, “a população é parceira importante nesse trabalho de fiscalização e deve ter consciência quanto ao ato de se garantir o prosseguimento do cronograma de ações efetivas do projeto de alargamento daquela avenida”. Vicente destacou ainda que a proibição do estacionamento no lado direito da via vai dar mais agilidade para o transporte coletivo, oferecer melhor fluidez na circulação de veículos e garantirá aos pedestres uma via mais segura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO