STTP dá continuidade a cronograma de vistoria dos transportes coletivos

inspecao_onibusA Gerência de Transportes da STTP prossegue com o cronograma de vistoria dos transportes coletivos da cidade. Iniciado no mês de agosto, o processo de vistoria é realizado por uma equipe de técnicos e fiscais de transportes da STTP, com o objetivo de  garantir a qualidade do serviço de transporte público de passageiros.

O planejamento de vistoria veicular que a Prefeitura de Campina Grande, através da STTP, está realizando atinge os 223 ônibus que compõem a frota permissionária de coletivos da cidade.

De acordo com Araci Brasil, gerente de transportes da STTP, todos os ônibus das empresas permissionárias do sistema estão passando pelo crivo da comissão de vistoria, que diariamente visita os pontos ou terminais de apoio para o devido acompanhamento técnico. “Nosso objetivo é garantir a segurança e o conforto para os passageiros e, através dessa fiscalização, poderemos detectar as possíveis irregularidades”, disse Araci.

A vistoria veicular é um item de fundamental importância nos transportes coletivos, pois garante a segurança no transporte dos usuários e cumpre as normas da regulamentação de cada categoria de transporte público. Ainda conforme a Gerência de Transportes da STTP, as empresas cujos veículos estão sendo vistoriados são imediatamente notificadas dos problemas detectados nos referidos ônibus e recebem um prazo proposto para a solução, observando-se caso a caso.

No relatório das últimas vistorias, que inclusive é enviado à Curadoria de Defesa do Consumidor, foram constatados alguns problemas, como a falta do certificado de aferição do INMETRO nos tacógrafos e itens da parte elétrica, como piscas e iluminação das placas, mas as correções têm sido efetuadas pelas empresas.

Segundo Vicente Rocha, superintendente da STTP, durante o processo de vistoria, são verificados, dentre outros itens, a capacidade dos ônibus no transporte de passageiros, sentados e em pé, além da identificação dos adesivos indicando os bancos preferenciais e o bom funcionamento das seguintes obrigações:

Acessibilidade: análise dos veículos com elevadores para cadeiras de rodas, se os motoristas estão aptos a manusear o equipamento, se a quantidade de veículos com elevadores está correta, mediante o percentual exigido, de acordo com o número total de ônibus na frota e se atende à necessidade para toda a cidade;

Itens obrigatórios de segurança; extintores e travas de saída de emergência; 

Parte elétrica: campainha de solicitação de paradas, iluminação interna, faróis e letreiros automáticos; 

Conservação: conservação das janelas, das portas, cintos de segurança, poltronas adequadas, estado dos pneus, limpeza e higienização no interior do veículo;

No ato de aprovação completa da vistoria, o veiculo recebe o selo de “Vistoriado 2013”, sendo posteriormente liberado para a prestação de serviço à população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO