STTP apresenta projeto de faixa exclusiva na Floriano Peixoto

STTP_centenarioDando prosseguimento ao cronograma de ações para implantação da primeira etapa de faixa exclusiva para ônibus na Avenida Floriano Peixoto, a Prefeitura de Campina Grande, através da STTP, estará se reunindo com moradores das áreas beneficiadas para apresentação do projeto.

Após realização de reunião com os comerciantes da Avenida, do trecho da Rua Melo Leitão até o Hospital de Trauma, a STTP dá inicio a um ciclo de encontros com os moradores das áreas beneficiadas e que terão a oportunidade de conhecer detalhes do projeto que vai mudar a mobilidade urbana daquela avenida.

De acordo com a programação de reuniões, elaborada em parceria com a UCES (União Campinense de Equipes Sociais), o projeto foi discutido e apresentado inicialmente à população das Malvinas nesta quarta-feira, 27. A reunião aconteceu na SAB, localizada na Rua Plínio Lemos.

Nesta quita-feira, 28, será a vez dos moradores do Centenário também conhecer o projeto, a partir das 19hs, reunidos no auditório da SAB. No sábado, 30, às 19hs, a STTP faz a explanação do projeto na Associação de Moradores do bairro do São José e, na segunda-feira, 02 de dezembro, na SAB do Santa Rosa, a partir das 19hs.

A equipe de orientadores de educação de trânsito da STTP tem realizado nas últimas semanas a ação educativa com os moradores e motoristas que diariamente utilizam a Avenida Floriano Peixoto, através de abordagem e distribuição de panfletos. A execução da campanha informativa do projeto também contempla a exposição de pôsteres e de faixas de rua informando e conscientizando a todos sobre a nova regulamentação de sinalização.

A criação da faixa exclusiva para os transportes coletivos na Floriano Peixoto objetiva melhorar o fluxo no trânsito e, consequentemente, a agilidade do tempo de viagem dos ônibus. Como primeiro passo do projeto, já foi implantada a sinalização vertical que proíbe o estacionamento do lado direito da faixa, com a colocação de placas de proibição “Parar e Estacionar”.

A execução do projeto se dá em várias etapas, incluindo serviços operacionais de engenharia, fiscalização e de educação. Após a realização do trabalho educativo de estacionamento proibido, junto à comunidade, a STTP estará implantando a sinalização horizontal com marca viária e tachões.

Para isso, também será feita outra ampla campanha educativa através da imprensa, e por toda avenida, informando através de uma panfletagem que aquela faixa é exclusiva para ônibus. Em seguida haverá o trabalho de fiscalização de orientação, através de equipes de agentes de trânsito que estarão abordando condutores de veículos e informando das mudanças naquela artéria. E, por fim, em meados de janeiro haverá a última etapa do planejamento de implantação da faixa exclusiva de ônibus com a fiscalização punitiva de proibição de estacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO