Seplan discute revitalização do Riacho das Piabas

Arquivado em: Destaques,Notícias,Últimas Notícias |

marcio_riacho_piabasO secretário de Planejamento da Prefeitura de Campina Grande, Márcio Caniello, participou, na manhã desta terça-feira (10), na Igreja de São Francisco, no bairro da Conceição, de uma reunião com integrantes da Articulação pela Revitalização do Riacho das Piabas e Bodocongó.

Caniello esteve na reunião como representante do prefeito Romero Rodrigues junto a essa articulação no que diz respeito aos encaminhamentos relativos à revitalização do Riacho das Piabas, no bairro da Conceição.

Na conversa, o secretário ouviu as reivindicações dos representantes das comunidades dos bairros do Jardim Continental, Jardim Menezes, Rosa Mística, Palmeira, Conceição e Alto Branco. Em seguida, Caniello explicou as ações da Prefeitura Municipal de Campina Grande no que tange ao reservatório.

Caniello explicou que, nesta quinta-feira (12), estará em Brasília, onde terá reuniões no Ministério da Integração Nacional, pasta onde estão alocados recursos na ordem de R$ 8 milhões para a construção do Açude do Covão, sendo que parte destes recursos são oriundos de uma emenda parlamentar do então deputado federal Romero Rodrigues.

Esse açude vai regular as águas que descem para o Riacho das Piabas e, em tempo de chuvas, evitará enchentes nos locais cortados pelo canal da Rosa Mística. O gestor salientou, também, que no Plano Plurianual (PPA) encaminhado à Câmara de Vereadores está contemplado o projeto de reurbanização deste canal.

Reforçando as ações sustentáveis da PMCG, o secretário de Planejamento falou também sobre a desapropriação de 20 hectares (de 60 no total) da Mata do Louzeiro. No local, será construído um parque com equipamentos para lazer e esporte. Márcio Caniello explicou a importância desse diálogo com a sociedade civil organizada.

“Nossa intenção é formular soluções sustentáveis para o desenvolvimento de Campina Grande visando sempre garantir a melhoria da qualidade de vida da população. A revitalização do Riacho das Piabas é importante para que as comunidades possam viver despreocupadas com enchentes e outros problemas relativos a essa atual desorganização ambiental”, asseverou o gestor.

Como encaminhamentos da reunião, ficou definida a marcação de outro encontro no mês de janeiro e a efetivação de ações emergenciais, já garantidas pelo secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre, a exemplo da operação tapa buracos.

A Articulação pela Revitalização do Riacho das Piabas e Bodocongó é formada pelos representantes das comunidades próximas aos mananciais, e congrega entidades públicas e privadas, a exemplo de escolas estaduais, igrejas, ONGs, Embrapa, UFCG e UEPB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


nove × = 72

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>