Secretária de Saúde abre seminário sobre tuberculose e hanseníase

derksComeçou nesta segunda, 22, e segue até a próxima quinta-feira, 25, o I Seminário de Atualização de Tuberculose e Hanseníase, realizado pela Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Campina Grande. O evento, que está acontecendo no auditório do Centro de Educação e Tecnologia, reúne cem médicos e enfermeiros da Atenção Básica do município e foi aberto pela secretária de saúde, Lúcia Derks.

Na abertura dos trabalhos, a secretária ressaltou a importância do seminário para os profissionais da Estratégia de Saúde da Família, que há cerca de cinco anos não recebiam capacitação nesta área. “O abandono do tratamento ainda é um empecilho no controle da tuberculose e da hanseníase, por isso, somente com capacitação e empenho das equipes de saúde é que vamos conseguir mudar essa realidade no nosso município”, disse.

A médica Margarete Saraiva é especialista em Medicina da Família e Comunidade e atua na UBS do Jeremias II há sete anos. Ela está participando do seminário e elogiou a iniciativa da Coordenação Municipal de Controle da Tuberculose e Hanseníase. “É um evento importante porque vamos poder trazer as dificuldades que enfrentamos na unidade de saúde para encontrarmos soluções para ajudar no tratamento de casos de tuberculose em dependentes químicos, por exemplo”, avaliou.

Durante o primeiro dia, os médicos e enfermeiros puderam participar de sessões interativas sobre busca de sintomáticos respiratórios, tratamento da tuberculose e eventos adversos e interações medicamentosas. As sessões foram coordenadas por técnicas do Ministério da Saúde, as médicas Mônica Kramer, pesquisadora do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF – RJ), e Marli Jane, do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas – (IPEC-RJ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO