prof_veronica_ass_min_publico

Secretaria de Educação e Ministério Público assinam convênio

prof_veronica_ass_min_publicoA Secretaria de Educação da Prefeitura de Campina Grande assinou convênio com a Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos da Educação, durante a solenidade do lançamento do Projeto LabLivre, realizada na manhã desta sexta-feira (21) no auditório do CTE. O documento foi assinado pela secretária Verônica Bezerra e pelo promotor de Defesa dos Direitos da Educação, Guilherme Costa Câmara.

O Projeto LabLivre tem o objetivo de proporcionar, a partir de ações criativas desenvolvidas em parceria com os atores da comunidade escolar, com a apropriação tecnológica dos professores e alunos usuários dos laboratórios de informática, o bom funcionamento e o uso eficiente desses espaços de ensino e aprendizagem, através da informática educacional.

São sete instrutores, dezoito professores e 36 alunos monitores de três escolas da Rede Municipal que vão participar do projeto: CEAI João Pereira de Assis, Escola Municipal Lafayete Cavalcante e Escola Municipal Anísio Teixeira. A equipe de instrutores é formada por Antônia Maria, Wagner, Paulo, Roberson, Amélia Sayonara e Sonaly Barros (SEDUC) e o professor Lenon (Ministério Público).

O promotor Guilherme Câmara destacou a sua felicidade por essa cooperação técnica entre Ministério Público e Secretaria de Educação. “Estou feliz por verificar o desejo de todos pela disseminação do conhecimento”, afirmou. Ele aproveitou para distribuir com os gestores e professores da Rede Municipal um documento com diretrizes a respeito do Papel do Ministério Público da Defesa dos Direitos da Educação.

A secretária Verônica Bezerra agradeceu ao promotor Guilherme Câmara pelo documento que vai orientar a escola. Ela também agradeceu a sua equipe de trabalho e ainda destacou que são muitos os valores da Rede que estão fazendo a educação acontecer.

A secretária lembrou a solenidade de abertura dos trabalhos na Câmara, quando o prefeito Romero Rodrigues entregou a Lei que reajusta o salário do magistério em 8,32% respeitando a data base retroativa a janeiro. “Em 2013, o reajuste da educação foi de 18,5% e este ano será de 21,75%”, pontuou.

Verônica Bezerra também falou da matrícula informatizada, que está baseada no tripé acesso, qualidade e custo. Ao final da solenidade, foi realizada a entrega simbólica dos kits de EPI – Equipamento de Proteção Individual – para os apoiadores das escolas Cícero Correia, Maria José de Carvalho e Roberto Simonsen. Os kits contêm touca descartável, máscara descartável, luvas látex, avental de PVC, protetor auricular, bota PVC e luvas metalizadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOPO