Secretaria de Agricultura e Cultura intensificarão ações

Os novos secretários de Cultura e Agricultura de Campina Grande, Lula Cabral e Fábio Medeiros, respectivamente, confirmaram nesta quinta-feira, 03, que darão continuidade ao trabalho realizado pelos ex-titulares das pastas (Marlene Alves e Guilherme Almeida), além de intensificar ações propostas mais recentemente pela atual gestão.

Após anunciar os novos secretários, o prefeito Romero Rodrigues disse que Lula Cabral assume a Cultura com a responsabilidade de atuar nas atividades voltadas às celebrações do aniversário de 150 anos de emancipação política de Campina Grande. Já Fábio Medeiros foi selecionado para manter as ações numa das secretarias que mais intensificaram a atuação junto aos segmentos-alvos.

Segundo o prefeito, a Secretaria de Agricultura desenvolveu, na atual gestão, um trabalho que há tempos não era visto no município, com uma intensa atuação à frente da pasta. “Há o testemunho do agora ex-secretário Guilherme Almeida e dos próprios agricultores de Galante, São José da Mata, Marinho, Catolé de Boa Vista e de toda a zona rural de Campina Grande. Acredito que conseguimos, de certa forma, atender às expectativas do homem do campo”, disse Romero.

Entre as ações realizadas desde o início da gestão pela Secretaria de Agricultura, destaca-se a patrulha mecânica, com serviços prestados diariamente para toda a zona rural; melhoria da infraestrutura na zona rural; fornecimento de equipamentos destinados a atender ao homem do campo; limpeza e recuperação de açudes; distribuição de sementes; recuperação de estradas; inseminação artificial; limpeza, recuperação e construção de novos açudes; disponibilização de equipamentos destinados ao corte de terras e o programa de semente.

O novo secretário, Fábio Medeiros, disse que, além da continuidade ao trabalho de Guilherme Almeida, pretende desenvolver ações de educação rural destinadas ao agricultor. Medeiros disse ser necessário trabalhar, com esses agricultores, formas de melhor convivência com o período da seca e sobre como atuar junto ao bioma Caatinga, desenvolvendo uma agricultura mais sustentável e com noções de convivência com a seca. Outra meta do novo titular da pasta é intensificar o sistema de comercialização da produção rural do município.

“O foco também precisa estar na comercialização. Não adianta oferecer as melhores condições de trabalho para o agricultor, distribuir sementes, criar uma infraestrutura adequada, fazer o plantio da lavoura e não facilitar os canais de acesso à comercialização de seus produtos”, declarou.

Por sua vez, o secretário Lula Cabral disse que iniciará um diálogo com diferentes segmentos da sociedade campinense para discutir as propostas para celebração dos 150 anos de emancipação. “Vamos discutir com representantes das universidades e conselhos da cidade, Câmara de Vereadores e o poder executivo as medidas que venham a atender as expectativas da cidade”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOPO