Romero Rodrigues assina ordem de serviço para reforma da Biblioteca Municipal

romero_ordem_bibliotecaO prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, assinou, na manhã desta quinta-feira (19), a ordem de serviço da obra, orçada em R$ 155 mil, para recuperação da Biblioteca Municipal Félix Araújo, localizada no centro de Campina Grande, antigo prédio da Câmara Municipal.

Os recursos para a obra são da própria Prefeitura Municipal. Os investimentos poderão ser dobrados, já que o prefeito, durante o discurso, anunciou que também vai colocar um elevador novo e outros equipamentos necessários, para que os usuários circulem com segurança no local.

A biblioteca estava interditada desde julho do ano passado, por causa das péssimas condições do prédio, e o acervo estava à disposição do público nas instalações da Secretaria de Cultura (antigo Museu de Arte Assis Chateaubriand).

Durante o discurso, o prefeito anunciou que o prédio também abrigará a Academia de Letras de Campina Grande. Com a nova estrutura, a biblioteca vai contar com mais de doze mil livros, sala de informática, periódicos (jornais e revistas), sala de estudos coletivos, além da sala do acervo.

De acordo com a secretária Marlene Alves, a ideia é tornar o local um espaço potencializado para a cultura, e não apenas um “depósito de livros”. Já a diretora da biblioteca, Mabel Amorim, disse que um dos destaques será o salão nobre, onde serão realizados saraus, exposições, lançamentos de livros e muitas outras atividades culturais.

A obra está prevista para ser entregue até o primeiro trimestre de 2014 e, após a reinauguração, a biblioteca será aberta a toda a população campinense, de segunda a sexta, das 7h30 às 21h30, e aos sábados, até às 13 horas.

“Estamos restaurando esse prédio para devolver à população campinense um espaço para o acesso à leitura, estudo e cultura de um modo geral. A reforma da Biblioteca Municipal, com recursos da Prefeitura, é mais uma prova de respeito por nossa Campina”, declarou Romero.

O prefeito lembrou da importância histórica do prédio, que já foi sede do poder legislativo municipal. “Aqui escrevemos muito de nossa história e não poderíamos admitir a situação em que se encontrava, inclusive tendo sido interditada pelo Ministério Público. Neste prédio, representei o povo como vereador e hoje assino a ordem de serviço da reforma como prefeito, uma grande emoção para mim”, concluiu Romero.

Estiveram presentes à solenidade vários secretários municipais, a exemplo do chefe de gabinete do governo, Tovar Correia Lima, da secretária de Educação, Verônica Bezerra, da secretária Marlene Alves, da Cultura, e André Agra, de Obras, além de vereadores, educadores e parentes do patrono Félix Araújo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO