Romero reúne secretariado e anuncia medidas importantes

Economia será a palavra-chave do Governo Municipal de Campina Grande no ano de 2014. Foi o que garantiu na manhã desta sexta-feira, 03, o prefeito Romero Rodrigues durante reunião com o todo o seu secretariado, no Palácio do Bispo. O chefe do poder executivo esteve acompanhado do vice-prefeito Ronaldo Cunha Lima Filho.

Segundo Romero, o balanço administrativo de 2013 foi extremamente positivo, mas é preciso muita cautela quanto à possibilidade de queda de receitas municipais, gerando a necessidade da tomada de uma série de medidas de austeridade. Além de várias medidas de contenção de despesas, o prefeito também anunciou o calendário de pagamento dos servidores municipais e garantiu a realização de novos concursos públicos.

De acordo com Romero Rodrigues, a recomendação repassada aos secretários foi de que seja feita de imediato a redução de 20% da folha de prestadores de serviços, além de outras medidas, como o corte de despesas com diárias, combustíveis, compras em geral e horas extras. Apesar dos cortes, a ordem do prefeito é que os serviços públicos permaneçam com o mesmo nível de qualidade. reuniao4

“A economia será a ordem inicial neste ano de 2014, pois é preciso precaução, afinal ninguém sabe como será o comportamento de receitas municipais. A medida também é fundamental porque haverá a elevação mensal, estimada em quase R$ 800 mil por mês, em contrapartidas da administração para com a execução de muitas obras e novos investimentos na cidade”, afirmou.

Neste contexto, o prefeito adotará uma programação de remanejamento de servidores e, sobretudo, fará estudos para fusão de secretarias. As fusões, também como forma de economia para os cofres municipais, deverão ser anunciadas até o final do mês de janeiro, podendo tudo começar a se concretizar já a partir de fevereiro. “Faremos a fusão de secretarias, tendo como meta economizar e, ao mesmo tempo, oferecer uma prestação de serviços de qualidade à população”, garantiu.

Ainda segundo Romero, não há data precisa para acontecer uma reforma administrativa em Campina Grande. Foi anunciada, porém, que a primeira mudança acontece no Procon, pois o atual coordenador, Floriano Brito Júnior, deixará o cargo para concluir um doutorado na Argentina, ficando em seu lugar o procurador adjunto Paulo Porto de Carvalho Júnior. “Esta é a primeira alteração, mas tudo se dará de forma gradativa”, ponderou.

Tabela de pagamento é anunciada – O calendário de pagamento dos servidores seguirá o seguinte cronograma: 29 de janeiro; 28 de fevereiro; 28 de março; 29 de abril; 29 de maio; 27 de junho; 29 de julho; 29 de agosto; 30 de setembro; 29 de outubro; 28 de novembro e 26 de dezembro. O décimo terceiro salário será pago no dia 10 de dezembro. reuniao

Já na abertura da reunião com os secretários, Romero Rodrigues assinou o projeto de lei que garante a atualização salarial de servidores municipais que ganham um salário mínimo mensal, beneficiando cerca de 60% dos servidores da PMCG. “Assinamos e vamos encaminhar de imediato à apreciação da Câmara Municipal o projeto de atualização salarial tendo como referência o salário mínimo nacional. A meta é unificar o salário pago pela PMCG com o mínimo nacional. Já para quem ganha acima do mínimo, o reajuste acontecerá quando da data-base da categoria, em maio”, completou.

Outra providência tomada pelo prefeito é a política de concursos públicos no Município, tendo-se a garantia da nomeação imediata dos que forem aprovados. Ainda no primeiro semestre, o Município contará com concursos para cargos como fiscal de tributos, fiscal de obras e serviços urbanos, engenheiros, além, provavelmente, de servidores nas áreas de educação e saúde.

2 comments

  1. Rejane

    Bom dia, sr.prefeito tem previsão de quando sairá o concurso público?

    Obrigada por me responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO