Romero recebe mais uma vez o Sintab para discutir pauta com servidores

romero_prefeitoO prefeito Romero Rodrigues esteve reunido nesta segunda-feira, 03, mais uma vez, com a diretoria do Sintab para discutir a pauta de reivindicações dos servidores. Na presença dos secretários de Administração, Paulo Roberto Diniz de Oliveira, de Finanças, Jaci Toscano, e de Educação, Verônica Bezerra, foi discutida uma pauta com 24 pontos, muitas das reivindicações já atendidas pelo governo.

“Nós estamos avançamos nesse diálogo e é importante compreender que diante de muita dificuldade, muitos passivos do governo passado, a receita subiu em apenas 5%, mas nós já concedemos aumento de 10% para a educação, de 8% para o servidor geral, de 9% para quem recebia até o salário mínimo e 17% para o agente comunitário de saúde e para o agente de combate às endemias, e isso tudo pagando rigorosamente em dia. Então, alguma coisa avançou, melhorou”, pontuou o prefeito.

A reunião, realizada na sede do Ipsem, teve uma pauta concentrada em demandas gerais e das secretarias de Educação e de Saúde. Um dos pontos que vai demandar uma continuidade da discussão é o referente aos Planos de Carreira dos servidores da saúde e de outras secretarias. Na reunião ficou deliberado que outros encontros com comissões paritárias específicas por área deverão acontecer. “A iniciativa de fazer comissões paritárias é importante”, disse o presidente do Sintab, Napoleão Maracajá.

Para Napoleão, que solicitou receber um documento da Prefeitura, formalizando os avanços resultantes do diálogo promovido ao longo da reunião, alguns acordos merecem destaque. “Saímos com indicação de reunião com os técnicos da saúde, isso é um ponto fundamental, e também com a garantia da formação para os vigias, o que também é fundamental”, frisou.

Um dos últimos pontos da pauta foi a lei da Gestão Pactuada, cujo projeto original foi alterado a partir do diálogo com os servidores. “Flexibilizamos ao máximo onde foi possível”, assegurou o prefeito. Ficou acordado que serão realizadas novas reuniões específicas para discutir o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO