Romero luta junto ao Governo Federal para buscar recursos para os Restaurantes Populares

romero_entreO prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues afirmou que aguarda um posicionamento do Governo Federal em relação ao Programa Fome Zero de Campina Grande e uma solução para os restaurantes populares.

Ele destacou que há grandes débitos deixados pela Administração passada causando sérios transtornos, prejudicando o programa e a população de Campina Grande. Há apenas a um fornecedor dos restaurantes há um débito de R$ 2 milhões.

De acordo com o prefeito, os recursos ainda não foram repassados pelo Governo Federal. Destacou dizendo que está tentando sensibilizar o Governo Dilma Rousseff e lutando para que se repasse o dinheiro para o Programa Fome Zero.

O prefeito disse que a gestão passada abriu os restaurantes visando apenas às eleições, mas a Prefeitura não tinha recursos suficientes para arcar com as despesas e por isso fechou alguns no mês de novembro de 2012. Segundo Romero, apesar de ter pagado mais de R$ 700 mil de salários atrasados aos funcionários dos restaurantes, existe, atualmente, uma dívida de mais de R$ 2 milhões em alimentos fornecidos.

Rodrigues denunciou que há, também, duas prestações de contas em aberto, que pode culminar na devolução de aproximadamente R$ 500 mil. Ele afirmou que a gestão passada de Campina Grande tem que prestar contas, já que foi a responsável por abrir os restaurantes na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO