Romero inaugura Pedro I e garante novos investimentos na saúde

Romero_pedroIO Hospital Municipal Pedro I, no bairro do São José, foi inaugurado na manhã desta quarta-feira, 30, pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues. A instituição funcionou por mais de 80 anos sob a direção da Maçonaria e corria o risco de fechar suas portas, mas foi adquirida pela atual gestão.

A solenidade teve a presença do vice-governador Rômulo Gouveia; da primeira-dama do Município, Micheline Rodrigues; da deputada estadual Eva Gouveia; do vereador Nelson Gomes Filho, presidente da Câmara Municipal, e demais vereadores; da juíza Ana Cristina (diretora do Fórum Afonso Campos); da secretária municipal de Saúde, Lúcia Derks; de dona Glória Cunha Lima (representando o vice-prefeito Ronaldo Filho); de Valdson de Souza (secretário de saúde do Estado); e de Ivandro Cunha  Lima, representando o senador Cássio Cunha Lima.

Em nome dos maçons de Campina Grande, o advogado e escritor Ailton Elisiário enfatizou a história do Hospital Pedro I, construído em 1926, garantindo que a “unidade sempre enfrentou uma série de lutas e sacrifícios, mas obteve permanentes vitórias”. Depois, definiu a municipalização do hospital como “um projeto arrojado do prefeito campinense objetivando proporcionar uma saúde de qualidade a todos os campinenses, dentro dos legítimos princípios maçônicos de solidariedade e fraternidade”.

A secretária municipal de Saúde, Lúcia Derks, lamentou a última década de descaso do poder público local em relação ao setor de saúde. Em sua visão, graças ao empenho do prefeito e da primeira-dama, Campina Grande agora vive uma nova história, pois a atual gestão “não apenas evitou o fechamento do Pedro I, mas, mediante a municipalização, implementou um novo equipamento hospitalar destinado a bem atender a coletividade”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal definiu a inauguração “como um marco histórico no campo da saúde pública na cidade”. Para Nelson Gomes Filho, “Campina Grande só tem a ganhar em termos de assistência à saúde, pois, apesar de enfrentar enormes dificuldades financeiras, o atual governo concretiza mais este sonho da população campinense”.

A solenidade foi concluída com o discurso do prefeito Romero Rodrigues. Ele fez, de inicio, um agradecimento à primeira-dama, Micheline Rodrigues, à equipe da Saúde e a todos os que, direta ou indiretamente, contribuíram para a compra, municipalização e a modernização do Hospital Pedro I.

Segundo ele, “essa é uma conquista de toda a cidade e não apenas de um governante”, ressaltando que a filosofia administrativa atualmente adotada em Campina Grande “não é a da promoção pessoal, mas o resgate de ações administrativas capazes de melhorar a qualidade de vida da comunidade”.

Segundo ele, com planejamento, o Município tem vencido enormes barreiras. Prova disso, conforme garantiu, foi a municipalização do Pedro I, um hospital que não apenas atende ao povo de Campina, mas a 163 municípios da Paraíba e até de outros estados. Por conta desta enorme responsabilidade do setor de saúde local, Romero garantiu que novos investimentos serão feitos na saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO