Romero consegue 30 milhões para pavimentação e saneamento

Romero-_RodriguesO prefeito Romero Rodrigues participou nesta quinta-feira, 24, no Palácio do Planalto, em Brasília, de solenidade que oficializou a destinação de recursos para a Prefeitura campinense desenvolver projetos de interesse da comunidade. Romero esteve na solenidade de seleção do PAC 2. Campina foi contemplada com pavimentação e qualificação de vias nas Zonas Oeste e Norte. O Município foi contemplado com 30 milhões de reais.

A decisão já  foi publicada no Diário Oficial da União deste dia 24 de outubro de 2013. A Prefeitura de Campina Grande encaminhará ao Governo Federal o detalhamento dos projetos que beneficiarão um grande número de moradores. O prefeito de há muito vinha desenvolvendo esforços para a destinação das verbas para beneficiar a população campinense. Os recursos do PAC 2 serão destinados para saneamento e pavimentação.

No evento, no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff anunciou os 310 projetos de saneamento e pavimentação que foram selecionados para receber R$ 13,5 bilhões em investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2). As obras vão beneficiar 1.198 municípios de todos os estados do país e o Distrito Federal.

De acordo com o governo, os projetos prevêem a pavimentação de 7,5 mil quilômetros de vias e recapeamento e implantação de ciclovias, além de 15 mil quilômetros de calçadas, sinalização, acessibilidade e faixas de pedestres. Também serão aplicados recursos na construção de sistemas de drenagem de águas pluviais, redes de abastecimento de água e esgoto sanitário.

Durante a cerimônia, a presidenta disse que o país está “muito aquém” no que diz respeito a saneamento. Segundo Dilma, o tratamento do esgoto e o acesso à água são essenciais, e seu governo já investiu R$ 39 bilhões na área.

1 comment

  1. marconi

    E sobre o canal do dinamerica… obra paralizada a mais de 4 anos e ninguem ver o prefeito falar em retomá-la. Precisamos dessa obra pronta e a prefeitura com esses 30 milhões, bem que podia investir no termino dessa obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO