Romero atende servidores e anuncia mudanças na Lei de Gestão Pactuada

Romero_RodriguesO prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou nesta sexta-feira, 23, que, atendendo a uma reivindicação de representantes dos servidores municipais, enviará à Câmara de Vereadores projeto modificando a Lei 5.277/2013, com a exclusão de trechos da norma, conforme solicitado por membros do sindicato da categoria. O anúncio foi feito durante entrevista a uma emissora de rádio.

Na última quinta-feira, 22, na mesma emissora, um representante do Sintab afirmou que a greve dos trabalhadores da saúde seria encerrada caso o prefeito excluísse da Lei o capítulo quinto, que trata da relação dos servidores com as organizações sociais na gestão pactuada. Além de atender a reivindicação, Romero anunciou uma alteração ainda mais abrangente.

“Sou flexível, não sou intransigente e estou sempre aberto ao diálogo. Primeiro, representantes do Sintab pediram que retirássemos alguns artigos da lei e tiramos mais do que foi pedido. Agora, pediram a retirada do capítulo quinto. Vou aumentar novamente e, além de atender ao pedido, mandar que seja colocado na lei que a organização social não se estenderá à Atenção Básica”, revelou o prefeito.

“Aceitei o desafio e quero ver o comportamento dos servidores”, completou, lembrando o compromisso do representante do Sintab de encerramento da paralisação mediante a exclusão do trecho da Lei. O prefeito Romero Rodrigues ainda lembrou que sua gestão, em menos de oito meses, já implementou diversas mudanças na saúde municipal.

“A saúde em Campina Grande era um modelo todo privatizado. Nós, agora, tivemos a coragem, a ousadia e a determinação de municipalizar os serviços do Hospital Pedro I e comprarmos o prédio. No passado fechavam hospitais, o Pedro I ia fechar também, nós municipalizamos e agora vamos ampliar ainda mais a capacidade de atendimento”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO