Projeto de Requalificação da Feira Central é destaque em portal

romero_feiraO Projeto de Requalificação da Feira Central de Campina Grande é destaque, da edição deste mês, do periódico eletrônico “Minha Cidade”, do portal “Vitruvius”, um dos mais importantes do Brasil na área de arquitetura. O artigo, intitulado “Qual a sua ideia para a Feira de Campina Grande”, de autoria do professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Marcus Vinicius Dantas de Queiroz, explica como foi realizada a Oficina de Projeto Participativo, nos meses de maio e junho do ano passado.

Organizada pela Secretaria de Planejamento de Campina Grande (Seplan), em parceria com a UFCG e outros órgãos, a oficina fez parte do processo participativo, desencadeado pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, com o objetivo de oferecer a oportunidade para que os feirantes, e a sociedade em geral, pudessem apresentar suas contribuições para a formatação do projeto. O texto detalha todo o processo de organização do projeto, bem como a importância histórica, cultural e econômica da Feira Central para a cidade de Campina Grande.

“A partir do reconhecimento da importância social, econômica e cultural da Feira de Campina Grande para a cidade e região, candidata a Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil pelo IPHAN, e na tentativa de estabelecer e alargar o diálogo entre o tradicional e as recentes demandas, a Oficina de Projeto Participativo teve como objetivo a elaboração de diretrizes e partidos projetuais para a requalificação do espaço, nos campos do projeto urbano, da arquitetura e do design”, explicou o artigo do professor Marcus Vinícius.

O trabalho aborda também quais os pontos considerados mais importantes, dentro do debate sobre a revitalização da feira. Entre esses pontos estão o Mercado Central, o Largo da Feira e o edifício do Pau do Meio, o Eixo Feira de Flores e Artesanato, o Cassino Eldorado e a gastronomia, entre outros. Para acessar o texto, é só clicar no link: http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/14.165/5125.

Para o secretário de Planejamento do município, Márcio Caniello, a publicação evidencia o reconhecimento do trabalho democrático na formatação desse projeto. “A Oficina de Projeto Participativo foi o ponto alto de um processo participativo e democrático, que durou nove meses de trabalho e envolveu mais de 50 técnicos e profissionais da PMCG e entidades parceiras. Além disso, tivemos a participação massiva dos feirantes, na oficina, e em seis plenárias até agora realizadas. Esse artigo, publicado em importante portal de arquitetura, mostra que estamos no caminho certo”, salientou o gestor.

O projeto da primeira fase da Requalificação da Feira Central já foi analisado pela Caixa Econômica e revisado pelos técnicos da Seplan, para adequá-lo às exigências da CEF e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba, do qual se aguarda agora um parecer aprovativo oficial para ser novamente encaminhado à Caixa Econômica Federal.

Também foram protocolados no Iphaep, para análise e parecer, os projetos da segunda e terceira etapas (Mercado Central, Largo da Feira e Edifício do Pau do Meio). Os projetos da feira de rua e da restauração do Cassino Eldorado serão finalizados até o dia 30 de abril. Quanto aos estacionamentos, a PMCG buscará parceiros para execução por meio de parceria público-privada (PPP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO