Procon confirma o reajuste no gás de cozinha

gas-cozinhaO preço do botijão de gás de cozinha de 13 quilos sofreu reajuste em Campina Grande, segundo os dados da nova pesquisa de preços realizada pelo Procon Municipal no último dia 22.  A maioria dos estabelecimentos vende o produto ao valor de R$ 37.

O aumento foi registrado em onze dos vinte estabelecimentos pesquisados pelo Procon. No entanto, nove estabelecimentos mantiveram os preços praticados em abril, sendo os postos de combustíveis Anel do Brejo e Texaco, de Bodocongó, os locais que vendem o gás pelo melhor valor (R$ 35).

Já o maior preço passou de R$ 38 para R$ 40 nas compras no local (à vista ou cartão), como também para entrega. A variação entre o preço mais baixo (R$ 35) e o mais alto é de 14,2% e a diferença real de até R$ 5.

Água Mineral – Os pesquisadores também verificaram o preço cobrado pelo garrafão de 20 litros da água mineral e encontraram uma variação de preços de 133% entre as marcas.

A marca que tem menor custo é a Platina, que vende o garrafão a preços que variam entre R$ 3, a R$ 4,50, com variação de 29%. Já a marca Indaiá apresenta preço mais elevado, variando entre R$ 4,50 a R$ 7. Nesta marca, a oscilação chega a 56%.

A pesquisa completa, com todos os preços, variações e endereços dos postos de venda pesquisados, pode ser consultada através do site www.proconcg.pb.gov.br ou, ainda, na sede do órgão, localizada à Rua Afonso Campos, 304, Centro de Campina Grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO