Primeira-dama abre II Semana de Saúde na Escola

Micheline_II_Saude-na-EscolaA primeira-dama de Campina Grande, médica Micheline Rodrigues, abriu nesta segunda-feira, 07, na Escola Municipal Dr. José Tavares, localizada no bairro de Santo Antônio, a Segunda Semana de Saúde na Escola. As ações envolvem as Secretarias Municipais de Saúde, Educação, Assistência Social e da Juventude Esporte e Lazer. As atividades serão realizadas até a próxima sexta-feira, 11 de abril, em 15 escolas e oito creches instaladas nos bairros do José Pinheiro, Malvinas, Mutirão do Serrotão, Santo Antônio, Tambor e Velame.

A Semana de Saúde na Escola tem como objetivo integrar, de forma intersetorial, as temáticas de práticas corporais, o lazer, a cultura da paz e dos direitos humanos, numa ação pedagógica no espaço escolar. A iniciativa, que envolverá 3.965 estudantes do município, faz parte das estratégias do Programa Saúde na Escola (PSE), criado para fortalecer as ações entre as secretarias envolvidas na execução do programa.

Durante as atividades, educadores e profissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), realizarão oficinas lúdicas com os estudantes, estabelecendo uma relação entre a saúde e práticas corporais, numa perspectiva de promoção de direitos e da valorização da diversidade cultural. Durante a semana os estudantes, na faixa etária dos 10 aos 14 anos, receberão a caderneta de saúde do adolescente.

A primeira-dama, Micheline Rodrigues, fez a abertura das atividades da Segunda Semana de Saúde na escola representando o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, ocasião em que ressaltou a importância do evento para o desenvolvimento social dos estudantes.  “Essa semana foi preparada para vocês, crianças. Nosso empenho é fazer com que todos tenham uma melhor qualidade de vida, a partir do momento que são assistidos pelo município, que tem lutado para garantir os seus direitos”, declarou Micheline.

As atividades desenvolvidas durante toda a Semana também fortalecerão o enfrentamento às demandas de campanhas específicas de garantia de direitos à saúde de crianças, adolescentes e jovens, inclusive, com o atendimento e encaminhamento aos serviços.

Segundo a secretária executiva de Educação do Município e coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE), professora Iolanda Barbosa, as escolas selecionadas para inclusão dessas atividades estão localizadas em áreas que apresentam alta incidência de casos de hanseníase. Portanto, ressaltou Iolanda, as próximas ações do PSE serão focadas, justamente, no enfrentamento desta doença.

Hoje, as atividades estão concentradas dentro de salas de aula, com oficinas temáticas que envolvem práticas corporais e atividades sobre direitos humanos, bem como apresentações artísticas feitas por alunos das escolas.

A abertura da Semana da Saúde foi prestigiada por autoridades municipais ligadas às áreas da saúde e educação, pelo secretário Chefe do Governo Municipal, Jóia Germano, diretores de escolas e estudantes.

O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras. Instituído em 2007 pelo Governo Federal, somente no ano de 2013 o município de Campina Grande fez a adesão formal ao programa. No entanto, em apenas um ano, a experiência local do PSE conseguiu avançar na garantia do direito à saúde dos estudantes campinenses, em especial nas comunidades rurais de Galante e São José da Mata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO