Prefeitura e sociedade civil iniciam preparativos para o sesquicentenário

pmcgSecretários municipais e representantes da sociedade civil estiveram reunidos na noite desta terça-feira (03), no auditório da Associação Comercial e Empresarial, discutindo os preparativos para as comemorações do sesquicentenário de Campina Grande. O prefeito Romero Rodrigues, concordando com a ideia da professora Iara Macedo, convocou auxiliares da administração municipal e convidou representantes da sociedade civil para tratar do assunto, considerando o importante marco da história da cidade.

Estiveram na reunião o secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura, Tovar Correia Lima, representando o prefeito Romero Rodrigues; os secretários Marlene Alves, de Cultura; Márcio Caniello, de Planejamento; Luiz Alberto Leite, de Desenvolvimento Econômico; Iolanda Barbosa, executiva da Educação; Roberto Loureiro, executivo da Administração; José Marques, presidente da Urbema; e o vereador Lula Cabral.

Na primeira reunião, ficou definida uma comissão, composta de sete membros, sob a presidência do prefeito, que ficará encarregada de planejar e elaborar uma programação especial para festejar a data. Integram a equipe a professora Iara Macedo, Nora Almeida, Celeide Farias, Eduardo Amorim, José Lucas e Rogério Freire. Um novo encontro está previsto para esta semana, quando o chefe do executivo apresentará mais seis membros da administração municipal, para compor a comissão.

“Não se trata apenas de uma festa, contatar uma banda e simplesmente comemorar o aniversário. Precisamos ter um calendário de obras, de ações, de festividades. É um grande marco da história da cidade, que começa a partir do dia 12 de outubro próximo”, disse o secretário-chefe de Gabinete da Prefeitura, Tovar Correia Lima.

Tovar destacou a presença de pessoas que fazem a história de Campina Grande, inclusive artistas, escultores, pesquisadores, historiadores, ilustres cidadãos e cidadãs que têm sua importância nesse momento histórico, para participar desse momento, sugerir, opinar. “Temos a obrigação de envolver a sociedade civil. Vamos levar ao prefeito algumas idéias já apresentadas nesse primeiro encontro, para que possamos festejar esse momento histórico com uma bela festa de 365 dias, como a cidade e o nosso povo merecem”, prometeu Tovar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO