Prefeitura de Campina cede servidores ao TRE para agilizar recadastramento eleitoral biométrico

Romero_TreEm atendimento à solicitação do Tribunal Regional Eleitoral, a Prefeitura de Campina Grande está cedendo servidores municipais para atuar no recadastramento eleitoral biométrico. O Termo de Cooperação Técnica foi assinado durante solenidade na manhã desta segunda-feira (06), no auditório da Justiça Federal, pelo prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, pelo presidente do TRE, desembargador Marcos Cavalcante de Albuquerque, e pelos prefeitos de Boa Vista, Lagoa Seca e Massaranduba.

Em nome dos quatro municípios, Romero Rodrigues falou da importância da parceria e destacou a iniciativa da Justiça Eleitoral em instituir o cadastramento biométrico. “Além da celeridade, maior segurança e lisura ao processo eleitoral, possibilitando a correção de eventuais distorções, o cadastro biométrico servirá para a formação de um importante banco de dados muito útil para outras finalidades”, lembrou o prefeito.

A princípio, conforme o termo firmado, e de acordo com o pleito do Tribunal, a Prefeitura está cedendo 44 servidores que atuarão no recadastramento, além de oferecer alguns espaços físicos, a exemplo do Centro de Tecnologia Professor Severino Lopes Loureiro, com toda a estrutura. O prefeito informou que poderá ainda ceder outros espaços, inclusive nos distritos, para facilitar o atendimento aos eleitores.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Marcos Cavalcante, classificou como um ato simples, mas de grande importância a cooperação. Ele lembrou que não se faz eleição sem parceria, ressaltando que, além de servidores, prefeituras e outros órgãos sempre cedem espaços físicos e veículos. “E, nesse caso do recadastramento, é fundamental contar com mais essa colaboração, pois se trata de um processo tão patriótico quanto o das eleições”, ponderou.

O desembargador agradeceu o apoio das prefeituras e pediu o apoio da imprensa, muito importante também nesse momento, para que nenhum eleitor deixe de comparecer aos locais onde esteja acontecendo o recadastramento. A solenidade contou ainda com as presenças dos juízes Rui Jander Teixeira, da 17ª Zona Eleitoral; Giovani Magalhães, da71ª; Renata Barros, da 72ª; e Manuel Maria Antunes, da 16ª Zona Eleitoral, além de vereadores de Campina Grande.

Do total de 187 mil eleitores de Campina Grande, até a última sexta-feira (03), apenas 10.219 haviam sido recadastrados, o que representa 3,13% do eleitorado. As quatro Zonas Eleitorais, que compreendem os municípios de Campina Grande, Lagoa Seca, Boa Vista e Massaranduba, somam 282.207 eleitores.

O recadastramento é obrigatório para todos os eleitores, que deverão comparecer até o mês de março de 2014. “Quem deixar de se recadastrar ficará automaticamente em débito com a Justiça Eleitoral. Deixará de ser eleitor, pois não receberá o título”, disse o juiz Rui Jander Teixeira, da 17ª Zona Eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO