Prefeito garante pagamento do piso nacional integral aos professores de CG

romero_professoresAté 2014 todos os professores da rede municipal de ensino de Campina Grande receberão o piso nacional de forma integral. O anúncio foi feito pelo prefeito Romero Rodrigues nesta sexta-feira, 23, durante o encerramento do I Seminário Municipal de Educação, no Teatro Municipal Severino Cabral. Diante de um teatro lotado, o prefeito explicou que o projeto prevê que os professores, que já ganham o piso nacional na proporcionalidade da carga horária atual de 25 horas, ainda este ano somarão o percentual em rendimentos correspondente a mais duas horas de trabalho e até 2014 receberão piso nacional completo, quando serão complementadas mais 3 horas, atingindo as 30 horas semanais.

O prefeito lembrou que está oferecendo o que é possível diante das limitações orçamentárias enfrentadas pelo governo, citando as quedas nas cotas do FPM e do ICMS e os respectivos impactos no saldo do Fundeb. “A lei vai garantir um reajuste em 2013 de 20%, considerando que já demos 10% de reajuste este ano e que duas horas a mais vai representar cerca de mais de 10%, isso diante de uma inflação que foi de 5%”, calculou.

Romero lembrou que em menos de um ano de governo houve melhoria da merenda, a ampliação da frota do transporte escolar e a lei de concessão do passe livre ao estudante, além de ações em favor do acesso à escola. Agora, o governo evolui na questão da ampliação da jornada com equiparação salarial. “A ampliação das horas é um avanço para a qualidade da educação”, considerou.

Para a secretária Verônica Bezerra, essa qualidade da educação passa pela construção de uma escola inovadora, tema do Seminário. “A escola inovadora passa pela discussão do piso salarial, mas é preciso também termos o piso pedagógico, um grande pacto pela aprendizagem para que todas as crianças, todas, aprendam na idade certa. A escola inovadora reside naquilo que cada um adota como desafio”, comentou a secretária.

O Seminário, iniciado no dia 19, reunindo mais de 4 mil servidores da Educação entre professores, técnicos, gestores e auxiliares, terminou em clima de confraternização. Na chegada e na saída, Romero foi tratado com muito carinho pelos profissionais da educação presentes ao teatro Severino Cabral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO