Plano Municipal de Saúde será elaborado com participação da sociedade

lucia_derksA partir desta segunda-feira, 17, a Secretaria de Saúde de Campina Grande e o Conselho Municipal de Saúde vão iniciar uma série de audiências públicas com o objetivo de elaborar o Plano Municipal de Saúde para os próximos quatro anos. A estratégia é inédita no município e tem como proposta definir, de forma democrática e participativa, as intenções e os resultados que serão buscados pela gestão da saúde no quadriênio 2014-2017.

As audiências vão acontecer em formato de oficinas, com a participação de usuários, trabalhadores, conselheiros e gestores da saúde municipal. A partir da percepção dos diversos atores sociais, eles vão elaborar um diagnóstico e definir os problemas de saúde do município, buscando não apenas o levantamento de dificuldades, mas também identificando suas causas. Com base na análise situacional, os participantes deverão estabelecer objetivos, diretrizes e metas a serem alcançados pela Secretaria de Saúde.

O Plano Municipal de Saúde é uma exigência legal e deve ser construído com base nos parâmetros estabelecidos pelo Sistema de Planejamento do SUS (Planejasus), do Ministério da Saúde. Para a secretária de saúde do município, Lúcia Derks, o documento vai ajudar na execução, acompanhamento e avaliação da saúde pública campinense. “Reconhecemos o planejamento como uma ferramenta de apoio à gestão, mas também um estímulo para consolidarmos uma cultura participativa, que demanda mobilização, engajamento e decisão de gestores, usuários e profissionais”, avaliou.

Lúcia Derks ressaltou que esta é a primeira vez que a PMCG realiza audiências públicas para elaboração do Plano Municipal de Saúde, envolvendo a sociedade em todas as etapas do processo. “O Plano deve manifestar as políticas, prioridades e compromissos da saúde no município. A participação do cidadão é decisiva na construção dessas políticas de garantias de direitos essenciais e expressa o respeito da gestão do prefeito Romero Rodrigues com o povo de Campina”, garantiu a secretária.

Audiências – Os encontros para construção do Plano Municipal de Saúde deverão acontecer durante este mês e vão envolver cerca de 100 participantes em cada oficina. O primeiro será na tarde desta segunda, às 14h, na SAB do Tambor, na Rua do Juá. Ainda esta semana, as audiências vão ser realizadas no Conjunto Severino Cabral (18), Catolé de Boa Vista (19) Conceição e Dinamérica (20) e no Centro da cidade (21). Em seguida, será a vez de Galante (24), Malvinas (25), José Pinheiro (26) e São José da Mata (27).

Calendário de Oficinas:

·         17/02, 14h. Local: SAB do Tambor

·         18/02, 14h. Local: Igreja São Pedro, Conj

unto Severino Cabral

·         19/02, 09h. Local: Clube de Mães, Catolé de Boa Vista

·         20/02, 09h. Local: Escola Henrique Heleno, Conceição

·         20/02, 14h. Local: Auditório do Cerest, Dinamérica

·         21/02, horário a definir. Local: UCES, Centro

·         24/02, 14h. Local: Mercado Público, Galante

·         25/02, 14h. Local: SAB das Malvinas

·         26/02, 14h. Local: SAB do Bairro José Pinheiro

·         27/02, 14h. Local: Escola de Artes, São José da Mata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO