Pedro I realizou 524 cirurgias eletivas em pouco mais de dois meses

pedro_IDe 13 de maio até o dia 19 de julho deste ano, o Hospital Municipal Pedro I realizou 524 cirurgias eletivas, aquelas que não têm caráter de urgência e emergência. Atualmente, estão sendo feitas cirurgias gerais, vasculares, ortopédicas, como também de obstetrícia, mastologia e otorrino, mas a proposta da Prefeitura é ampliar os serviços. A partir do próximo mês, por exemplo, vão ser iniciadas as cirurgias de urologia no hospital.

Para a realização dos procedimentos cirúrgicos, outros serviços, como consultas e exames de imagens, também estão sendo oferecidos no Pedro I, beneficiando a população de Campina Grande e dos municípios pactuados. Apenas nos meses de maio e junho, foram 1.480 consultas eletivas em oito especialidades diferentes: ginecologia (256), otorrinolaringologia (128), anestesia (253), vascular (51), cardiologia (165), mastologia (269), neurologia (210) e cirurgia geral (148).

pedroIEm relação aos serviços de imagens, no mesmo período, foram feitos 4.052 procedimentos no Centro de Imagem do novo hospital municipal, que realiza seis tipos de exames. Nos dois meses, foram realizadas 1.177 mamografias, 1.337 ultrassonografias, 655 tomografias, 600 raios-x, 154 espirometrias e 129 eletrocardiogramas.

Além das cirurgias eletivas, consultas e exames, o Pedro I ainda oferece leitos de retaguarda para o Hospital de Emergência e Trauma e para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Campina Grande. Também nos meses de maio e junho, o hospital recebeu 2.442 pacientes do Trauma e 283 da UPA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO