Pedro I já realizou mais de 880 cirurgias eletivas e 15 mil exames

pedro_IDesde que teve os serviços municipalizados, em maio deste ano, o Hospital Pedro I já realizou mais de 20 mil atendimentos, entre consultas, cirurgias e exames. Um número que vem crescendo com a implantação de novos serviços no estabelecimento de saúde. No primeiro mês, por exemplo, foram realizadas 36 cirurgias eletivas na unidade hospitalar, contra 230 feitas este mês. Com a ampliação dos atendimentos, a Secretaria de Saúde está diminuindo gradativamente a fila de espera para a realização procedimentos cirúrgicos eletivos no município.

O principal foco do novo hospital municipal de Campina Grande será justamente as cirurgias simples e as de média complexidade, como as ginecológicas, de ouvido, nariz e garganta, vasculares, cirurgia geral e cardiologia. Também estão sendo feitos procedimentos em anestesia, neurologia e mastologia. “São cirurgias que não têm caráter de urgência e emergência, mas que não estavam sendo feitas há vários anos. São casos que poderiam ganhar gravidade e prejudicar ainda mais a saúde dos pacientes, mas agora a realidade é outra”, explicou a secretária municipal de saúde, Lúcia Derks.

Ainda segundo a secretária, para que fosse possível a realização das cirurgias eletivas, o Pedro I também foi estruturado para fazer consultas e exames, assim como todos os procedimentos pré-operatórios. Tanto as consultas como os exames são solicitados pelos profissionais das Unidades Básicas de Saúde e agendados pela Central de Marcação de Consultas. No caso de pacientes de outras cidades, a marcação é feita pelas próprias secretarias de saúde.  “Já conseguimos realizar 6.821 consultas em diversas especialidades médicas, em apenas seis meses, beneficiando pacientes de mais de 173 municípios paraibanos”, garantiu.

Em relação aos exames, o Centro de Imagem do Pedro I realizou, no mesmo período, aproximadamente 15 mil procedimentos. No local, o usuário pode fazer mamografia, ultrassonografia, tomografia, espirometria, eletrocardiograma, raio-x e ecocardiograma.  Para ampliar ainda mais oferta de serviços, a prefeitura adquiriu, este mês, um novo tomógrafo de alta qualidade e já está em licitação mais um aparelho de ultrassonografia.

A intenção do prefeito Romero Rodrigues, segundo Lúcia Derks, é adquirir também mais um mamógrafo. “Com a campanha de prevenção ao câncer de mama, o ‘Outubro Rosa’, a procura pela mamografia cresceu bastante. A cidade precisa de mais um aparelho público para podermos atender à demanda, pois o incentivo para realização da mamografia será constante, não ficando restrito à mobilização”, informou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO