Padre Fábio de Melo representou principal noite para economia do Maior São João do Mundo

vendas_show_padreO show de Padre Fábio de Melo na noite desta terça-feira, 14, representou a principal noite para a economia do Maior São João do Mundo, de acordo com a organização. O público foi considerado o maior entre os 30 dias da festa, mais de 100 mil pessoas, e conseguindo trazer o maior incremento de valor agregado, segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande.

Para o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Alberto Leite, este público passante deixa na cidade uma parcela significativa de dinheiro e gera empregos direta e indiretamente. “Somente deste público flutuante, a perspectiva é que 400 mil pessoas venham para a cidade no chamado ‘bate e volta’ nesta edição 2016. Mesmo não ficando em Campina Grande, por onde passam estas pessoas injetam dinheiro com o consumo de produtos, mercadorias e serviços”, disse. A rede hoteleira quase chegou à lotação máxima nesta terça, segundo informações do secretário.

O vendedor Durval Cavalcante Xavier, que fica estrategicamente na subida da Pirâmide para o palco principal, tinha vendido 240 garrafas de água ao preço de R$ 2,00 em apenas uma hora de trabalho antes do início do show. “O rendimento desta noite equivale a cinco noites de trabalho aqui no Parque do Povo. Hoje a venda de bebida alcoólica é mínima, mas o consumo de água é enorme”, disse o vendedor que para atrair o público brincava afirmando que estava vendendo água abençoada pelo padre. De acordo com os taxistas, esta também foi a noite de maior movimento desde o início da festa.

Para organizar o trânsito, A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos – STTP, disponibilizou estacionamento para os ônibus e vans de caravanas e turismo em várias ruas próximas ao Parque do Povo. E para atender ao público, o horário dos ônibus urbanos no Terminal de Integração foi estendido até as 2h30 da madrugada.

Na próxima terça-feira, 21, o projeto  Fé e Cultura leva ao palco do Maior São João do Mundo o Padre Reginaldo Mazotti. A expectativa é que o show também atraia um grande público já que é a primeira vez que o padre cantor se apresenta na festa. A estimativa é que os 30 dias da festa injetem na economia local cerca de R$ 200 milhões, além de aumentar a arrecadação com Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços – ICMS, e Imposto Sobre Serviço – ISS.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO