II Semana Saúde na Escola começa nesta segunda

saude_escolaAs secretarias de Saúde e Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande vão realizar, de 07 a 11 de abril, a II Semana Saúde na Escola. O objetivo é integrar, de forma intersetorial, as temáticas práticas corporais, lazer, cultura de paz e direitos humanos, numa ação pedagógica no espaço escolar. A abertura oficial da mobilização será nesta segunda-feira, às 7h, na Escola Municipal Dr. José Tavares, que fica localizada na Rua José Gomes de Farias, no bairro de Santo Antônio.

A iniciativa, que vai envolver 3.965 estudantes de quinze escolas do Município, faz parte das estratégias do Programa Saúde na Escola – PSE para fortalecer as ações entre as secretarias envolvidas na execução do programa. Durante as atividades, educadores, profissionais dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família – Nasf e dos Centros de Referência de Assistência Social – Cras irão realizar oficinas lúdicas com os estudantes, estabelecendo uma relação entre a saúde e práticas corporais, numa perspectiva de promoção de direitos e da valorização da diversidade cultural.

No decorrer da mobilização, ainda será entregue a Caderneta de Saúde do Adolescente a todos os estudantes entre dez e quatorze anos das escolas contempladas com as ações. O conjunto das atividades que serão desenvolvidas na Semana também vai fortalecer o enfrentamento às demandas de campanhas específicas de garantia de direitos à saúde de crianças, adolescentes e jovens, inclusive, com atendimento e encaminhamento aos serviços.

Por isso, a II Semana Saúde na Escola, que também será realizada em parceria com as secretarias de Assistência Social – Semas e Esporte, Juventude e Lazer – Sejel, vai contemplar unidades de ensino de sete bairros da cidade (Santo Antônio, Cidades, José Pinheiro, Malvinas, Mutirão do Serrotão, Tambor e Verdejante) que apresentam alta incidência de casos de hanseníase. As próximas ações do PSE serão focadas, justamente, no enfrentamento da doença.

Avanços – O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras. Instituído em 2007 pelo Governo Federal, somente no ano de 2013 o município de Campina Grande fez adesão formal ao programa. No entanto, em apenas um ano, a experiência local do PSE conseguiu avançar na garantia do direito à saúde dos estudantes campinenses, em especial nas comunidades rurais de Galante e São José da Mata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO