Fórum de Mobilidade Sustentável é instalado em Campina Grande

forum_mobilidadeAtendendo à necessidade de se discutir a cultura cicloviária, criando bases para a implantação de novo modelo de mobilidade urbana, o COMUTP – Conselho Municipal de Transporte Público – realizou na última quinta, 31, um fórum de debates sobre mobilidade sustentável por bicicleta.

Reunidos no auditório da Vila do Artesão, ciclistas, ativistas, representantes dos poderes executivo e legislativo, e demais setores da sociedade puderam participar e compartilhar da Palestra “Mobilidade Sustentável”, ministrada pela assessora técnica da SEMOB, de João Pessoa, Aída Pontes, que é arquiteta e urbanista, tem mestrado em Engenharia Urbana e é doutoranda em Planejamento Urbano.

Após a palestra, foi iniciada uma mesa redonda com os participantes, para esclarecer dúvidas, sugerir ideias e principiar a formação do grupo técnico, sendo estes os precursores das ideias e decisões que irão atender à área clicloviária da cidade.

Estiveram presentes ao evento, compondo a mesa, o superintendente da STTP e presidente da COMUT, Vicente Rocha, que coordenou o evento; Tovar Correia Lima (chefe de Gabinete da Prefeitura), representando o prefeito Romero Rodrigues; o vereador Olimpio Oliveira; e os representantes da CPTRAN, tenente Siqueira; da PRF, inspetor Aurivan; e o capitão Rodrigues, representante do 2º BBM.

“O Conselho Municipal de Transportes também é um fomentador de debates, de discussão e de aprofundamento de assuntos relacionados aos modais de transporte. O COMUTP está fazendo o seu papel também discutindo a mobilidade urbana sustentável”, disse Vicente Rocha.

Para a palestrante Aída Pontes, a realização do Fórum foi ponto positivo para a cidade, que dá um passo importante no incentivo ao uso da bicicleta. “Campina tem um porte ideal para o desenvolvimento da cultura ciclista, seja para o trabalho, seja para o lazer, já que o clima ajuda para que isso aconteça. A presença dos poderes executivo e legislativo e dos demais representantes de entidades e de ativistas prova que a organização do Fórum está no caminho certo”, ponderou Aída.

A concepção do Fórum de Mobilidade Sustentável tem por objetivo a formação de um grupo técnico, seja por parte da sociedade civil, bem como do poder público, para discutir sobre o desenvolvimento de educação cicloviária, e que, paralelo às condições estruturais da cidade, se torna indispensável para um processo contínuo de educação da comunidade para que todas as partes envolvidas atendam aos seus deveres, contribuindo num processo de circulação organizado e seguro, para uma cidade com melhor qualidade de vida.

Agora, com a instalação do Fórum, o grupo estará se reunindo toda última quinta-feira de cada mês para as discussões e debates sobre as demandas e a cultura cicloviária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO