Custo da cesta básica se mantém estável em setembro

cesta-basicaO Procon de Campina Grande realizou uma pesquisa de preços da cesta básica neste mês de setembro e constatou que os produtos estão variando 24%.  Foram coletados os preços de 22 itens em doze estabelecimentos de Campina Grande, sendo considerado apenas o menor preço em cada estabelecimento.

Segundo o Procon municipal, o preço da cesta básica apresentou estabilidade em relação aos preços coletado na pesquisa do mês de agosto, quando o custo da cesta estava variando 21,2%, sendo o menor preço de R$ 178,38. Em setembro, os valores praticados oscilam entre R$ 179,21 (menor) e R$ 222,78 (maior).  A economia em real é de R$ 43,57.

Entre os produtos que apresentaram as maiores diferenças percentuais, destacam-se o feijão (Kg), que pode ser encontrado com o menor preço de R$ 2,19 e o maior preço de R$ 4,33, um percentual de 97,7% de diferença. Logo em seguida aparece a farinha de mandioca, com índice de 69%. Os preços variam entre R$ 3,99 e R$ 6,75. Já a margarina, pote com 250g, apresenta valores entre R$ 0,99 e R$ 1,65, diferença de 66%.

A carne bovina com osso (Kg) tem melhor preço de R$ 6,99, e o maior R$ 9,99. O percentual de variação é de 43%. O óleo 900 ml tem melhor preço de R$ 2,60 e o maior preço encontrado foi R$ 3,63, obtendo índice percentual de variação de 39,6%.

O açúcar (kg), outro produto que apresenta variação elevada, tem preços entre R$ 1,45 e R$ 1,99, sendo a variação de 37%. No grupo de Higiene Pessoal, o papel higiênico apresenta a maior variação, acumulando índice de 179%, sendo os preços de R$ 0,96 a R$ 2,68.

A tabela completa com todos os itens pesquisados nos doze principais estabelecimentos comerciais da cidade, encontra-se à disposição do consumidor campinense na sede do Procon-Campina Grande, situado na Rua Afonso Campos, nº. 304, 2º andar, Centro e também através do endereço eletrônico www.proconcg.pb.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO