Curadoria do Artesanato emitirá Carteira de Habilidade Manual

artesanatoA Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Agência Municipal de Desenvolvimento e Vila do Artesão, que tem como coordenador Erasmo Rafael, estará recebendo, na próxima segunda-feira, 21 de outubro, às 10h, no auditório da Vila do Artesão, a Curadoria do Artesanato Paraibano, que vai analisar, classificar, registrar e emitir a Carteira de Habilidade Manual e Artesão.

Para ter direito à carteira, o artesão deve apresentar os seguintes documentos: 02 fotos 3×4; xerox da Carteira de Identidade, CPF e título de eleitor; xerox do comprovante de residência; 03 peças prontas e materiais para iniciar outra peça – a chamada prova de feito.

A Curadoria do Artesanato é composta de curadores conceituados no meio cultural. Voluntariamente, ministram palestras, seminários e painéis sobre a cultura popular, abordando temas como história, geografia, antropologia, arte e identidade cultural. Segundo Erasmo Rafael, coordenador da Vila do Artesão, essa é mais uma ação da PMCG para valorização dos artesãos de Campina Grande.

Erasmo apresentou uma lista de produtos que não poderão ser registrados, por se tratar, segundo ele, de peças que não se enquadram nos padrões do Programa do Artesanato e da Curadoria, que prima pelo resgate das habilidades com conteúdos de identidades culturais, mesmo sendo globais.

Na lista de produtos que não poderão ser submetidos à apreciação dos curadores estão: relógios, emborrachados, xuxinhas, diademas, chaveiros, bijuterias montadas, sandálias havaianas, bolas de gude imitando pessoas e animais, discos de vinil pintados, garrafas PET e refrigerantes, vidros e espelhos sem inserção de outros elementos, caixas confeccionadas com palitos de picolé e/ou palitos de dente, pinturas em tecido e biscuit sem elementos de identidade cultural local, peso de porta, imãs e velas.

Erasmo Rafael afirmou ainda que desde que assumiu a coordenação da Vila do Artesão tem procurado desenvolver várias atividades para oferecer um melhor atendimento para o artesão e para o público que freqüenta o espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO