Contrato da PMCG com o Sport Campina é de R$15 mil mensais

araujo_cmcgO coordenador de Comunicação Social da Prefeitura de Campina Grande, José Araújo do Nascimento, explicou, nesta quarta-feira, 19, que o contrato de parceria publicitária do Município com o Sport Campina, clube que atua, este ano, na primeira divisão do Campeonato Paraibano de futebol, é de R$ 15 mil mensais, com vigência máxima de dez meses, caso a agremiação mantenha-se em competição oficial durante todo esse período.

“Os grandes clubes da cidade, Treze e Campinense, têm um contrato de R$50 mil mensais. O Sport Campina, por estar participando da primeira divisão do certame estadual, pleiteou e a PMCG firmou um contrato de R$15 mil por mês, que pode durar até dez meses, desde que, no entanto, o clube esteja atuando em campeonato oficial”, explicou Araújo.

De acordo com as informações do coordenador de Comunicação Social, caso, por exemplo, o Sport Campina não permaneça em competição oficial, após o fim do Campeonato Paraibano, o contrato será encerrado. Araújo lembrou que, independente do desempenho registrado no campeonato deste ano, o clube integra a primeira divisão do futebol estadual, por decisão da Federação Paraibana de Futebol.

“Não foi a PMCG quem colocou a agremiação na elite do futebol profissional paraibano e qualquer clube da cidade que viesse ou venha a participar desse campeonato receberia igual tratamento”, acrescentou o coordenador, lembrando que a primeira parcela do contrato ainda não foi repassada ao Sport Campina.

“Seja qual for o desempenho do Sport no Campeonato Paraibano, é um fato que o clube hoje compõe a primeira divisão da competição estadual. Ao celebrar o contrato, como fez com Treze e Campinense, mas guardadas as devidas proporções em relação às dimensões e tradição de cada agremiação, a PMCG não podia prever o desempenho do Sport em campo, nem condicionar o repasse a esse fator”, complementou José Araújo.

O coordenador de Comunicação Social destacou ainda que a PMCG apoia não apenas o esporte profissional, como também o esporte amador, tendo, inclusive, vários dos chamados times de “pelada” da cidade já recebido padrões, bolas e redes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO