“Construção da escola inovadora é um desafio que convoca a todos”

veronicabezerraA secretária de Educação do Município, professora Verônica Bezerra, falou, durante seu pronunciamento na manhã desta segunda-feira, 19, na abertura do I Seminário Municipal de Educação, sobre o papel da inovação no desafio da educação pública. Verônica afirmou que é necessário superar antigas dificuldades, sobretudo no tocante à qualidade do ensino.

De acordo com a professora, inovar aparece, mais que nunca, como um imperativo. “Todos estamos chamados a desenvolver novos olhares, imaginar práticas significativas, criar didáticas renovadas, que nos permitam enfrentar de um jeito novo os velhos problemas e as novas demandas”.

A secretária asseverou que Campina Grande é uma cidade que traz na sua marca, na sua identidade, na sua história, o gosto por inovar. “Foi assim com o Maior São João do Mundo, foi assim com o Parque Científico e Tecnológico, foi assim com a Universidade Estadual, com o Museu dos Pandeiros, é assim no cotidiano das escolas municipais”.

Conforme a gestora, o 1º Seminário Municipal de Educação tem justamente como desafio alavancar a construção da escola inovadora.  O objetivo é promover o estudo, o debate, a reflexão, o intercâmbio sobre a novidade educacional em curso nas escolas, mas também mapear temas e problemas que precisamos enfrentar buscando a convergência na inovação dos objetivos e metas, assim como das práticas de gestão e didático-pedagógicas para a melhoria da qualidade do ensino.

O Seminário traz um desenho inovador: envolve, simultaneamente, a XVIII Semana Pedagógica, o XI Seminário de Educação Infantil e a Jornada de Formação de Gestores, Técnicos e Apoiadores da Escola.

O Seminário também está relacionado ao circuito de ações estruturantes que o precederam no primeiro semestre de gestão. No campo das grandes plenárias, foram realizados o I Seminário de Gestão Escolar, a Conferência Municipal de Educação, a Conferência Intermunicipal de Educação (41 municípios), a Conferência pela Igualdade Racial.

“A construção da escola inovadora, como vemos, é um desafio que convoca a todos. Desejamos que neste Seminário o debate seja profícuo e que as inovações analisadas e surgidas deste encontro possam ir se materializando em cada escola municipal, uma escola renovada, aberta, plural, inclusiva”, concluiu Verônica Bezerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO