“CITTA vai movimentar economia de CG por meio dos investimentos em TI”

romero_cittaDesenvolvimento de tecnologia aplicada à saúde, biotecnologia, tecnologia para o desenvolvimento do governo eletrônico e para promoção de cidades inteligentes. Esses são alguns dos nichos de atuação do Centro de Inovação e Tecnologia Telmo Araújo – CITTA, inaugurado na tarde desta quarta-feira, 09, pelo governador Ricardo Coutinho, com presença do prefeito Romero Rodrigues.

O Centro, sediado no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, poderá abrigar até 52 empreendimentos de diferentes portes, fomentando a inovação como caminho para o desenvolvimento do Estado. Na inauguração, foram assinados protocolos de intenção com o Laboratório de Sistemas da UFCG, o Laboratório para Cidades Inteligentes, também vinculado à UFCG, e com o Centro de Especialização em Engenharia Biomédica.

Para o prefeito Romero Rodrigues, a expectativa é de que o CITTA contribua para movimentar a economia local por meio dos investimentos em Tecnologia da Informação. “Campina Grande já tem sido destaque no Brasil e o CITTA vai abrigar novas empresas que vão se instalar e fortalecer a economia da cidade, tornando o ambiente ainda mais propício para a produção nessa área”, considerou o prefeito.

Instalado em uma área de 2,3 hectares desapropriada pelo Governo do Estado, o CITTA está sendo apresentado como uma ação em favor da consolidação do pólo tecnológico de Campina Grande. “Campina se consolida cada vez mais em termos de Brasil como cidade que aposta na inovação como rota de desenvolvimento do futuro”, avaliou a secretária executiva de Ciência e Tecnologia do Estado, Francilene Procópio.

O Centro, que será dirigido pelo ex-reitor da UFCG, Thompson Mariz, terá como principais atividades a implantação de serviços inteligentes autossustentáveis às empresas da região e aos governos estaduais e municipais para apoiar os processos de inovação; a oferta de instalações e outras facilidades de infraestrutura, comunicação e logística para as empresas consorciadas, além de organização de serviços de informação tecnológica às empresas, governos e universidades da região e, em particular, da Paraíba; dentre outras atividades.

Poderão se instalar no CITTA empreendimentos de pequeno, médio e grande porte. A instalação se dará em duas etapas. Na primeira, inicialmente empresas existentes e já em operação com projetos de inserção local, regional ou nacional. Na segunda, empresas com outros projetos inovadores e relevantes que precisem de um ambiente para o seu pleno desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO