Cesta básica de novembro está 1,2% mais cara, constata pesquisa do Procon

cesta_basicaO valor da cesta básica, apurado pelo Procon de Campina Grande, sofreu reajuste de preço neste mês de novembro, segundo os dados da pesquisa realizada pelo órgão. A média de preços para os 22 itens, que em outubro era de R$ 180,65, passou para R$ 182,89, configurando um acréscimo de 1,2% no menor preço. Já o preço mais caro foi de R$ 217,26, tendo como variação entre o mais caro e o mais barato (R$ 182,89), um índice de 18,79%. Em números reais, a diferença é de R$ 34,37.

Dentre os alimentos pesquisados, destaca-se a carne, com variação de preços 45%. O quilo do produto pode ser encontrado ao menor preço de R$ R$ 7,48, em um supermercado da Rua João Lourenço Porto, enquanto o maior preço (R$ 10,85) foi registrado em um supermercado da Avenida Floriano Peixoto, diferença de R$ 3,37.

O quilo do feijão alcança percentual de 77% de variação, tendo preços oscilando entre R$ 2,19 e R$ 3,88. Outro produto que obteve variação elevada foi o fubá, pacote com 500g, comercializado a valores que variam de R$ 0,65 a R$ 1,05. O percentual de preço está variando 61,5%.

Seguindo essa tendência vem a farinha de mandioca, com índice de variação de 52,4%. Os preços praticados vão de R$ 3,93 a R$ 5,99. A margarina, pote com 250gramas, apresenta variação de 59,6% e pode ser adquirida pelo menor preço de R$ 0,99 e o maior de R$ 1,58. O açúcar registrou variação de 33%, custando entre R$ 1,42 e R$ 1,89. Outras variações: Arroz (29,5%); Leite (29,5%); Café (26,7%); Óleo (24,6%).

Com relação aos produtos de higiene pesquisados, o papel higiênico ainda representa a maior variação de preços, oscilando de R$ 0,99 a R$ 2,68, uma economia de 170% para o consumidor.

A tabela completa com todos os itens pesquisados nos onze estabelecimentos pesquisados encontra-se à disposição do consumidor campinense na sede do Procon de Campina Grande, situado na Rua Afonso Campos, nº. 304, 2º andar, Centro, e também através do endereço eletrônico: www.proconcg.pb.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO