obras

Carnês do IPTU 2014 começarão a ser entregues no dia 28

obrasA entrega dos carnês do Imposto Predial Territorial Urbano – IPTU 2014 está prevista para ser iniciada no dia 28 de fevereiro. O serviço deverá ser efetuado pelos Correios e posteriormente os boletos também serão disponibilizados no portal da Prefeitura (http://campinagrande.pb.gov.br/). Embora os Correios continuem em greve, a Secretaria de Finanças do Município acredita que a empresa executará o serviço dentro do prazo estabelecido.

O vencimento para pagamento em cota única ou da primeira parcela é o dia 31 de março. Quem pagar sem parcelamento e dentro do prazo terá um desconto de 20%, desde que não esteja inadimplente com a arrecadação de anos anteriores. A Prefeitura está dividindo o pagamento do imposto em até 10 vezes, sendo R$ 50 o valor mínimo por parcela. O contribuinte que atrasar a quitação do débito pagará uma multa de 2%.

O valor do IPTU 2014 foi reajustado em 5,77%, acompanhando o Índice de Preço ao Consumidor Amplo – IPCA. A projeção é arrecadar em torno de R$ 25 milhões com os 150 mil carnês que serão lançados. Na composição do valor final a ser arrecadado, 25% é referente à taxa de limpeza pública – TLP. O gerente de receitas da Prefeitura de Campina Grande, Miguel Neto, explicou que, em média, o Município arrecada R$ 2,5 milhões por ano com a taxa de limpeza.

O valor cobrado pela TLP será de R$ 46 para imóvel residencial localizado no centro da cidade e R$ 93,78 para imóvel comercial também instalado no Centro. Para imóvel comercial afastado da área central e que, portanto, não tem a cobertura do serviço de varrição, o valor é de R$ 70,32; o mesmo valor é aplicado para indústria. O contribuinte que tem um imóvel comercial no Centro com até vinte metros quadrados pagará uma taxa de limpeza de R$ 58,62. Os proprietários de terreno nos bairros e Centro pagarão R$ 36,05 e quem tem casa com até 60 metros quadrados pagará unicamente a taxa de R$ 38,98.

O gerente lembrou que em 2013 foram arrecadados cerca de R$ 13 milhões, em torno de R$ 10 milhões a menos do valor total lançado, o que representa um índice de inadimplência de quase 50%. Com a verba de 2013 foi possível investir mais de R$ 5 milhões na compra de equipamentos para limpeza urbana, além da execução de ações e obras como recapeamento asfáltico, desapropriação de áreas e calçamento de ruas. “Em 2013 foram calçadas mais de 70 ruas”, contabilizou o gerente Miguel Neto.

1 comment

  1. Rosimere Barbosa de Oliveira

    Gostaria de saber como faço para quitar os débitos de IPTUs atrasados do meu imóvel. Os atrasos foram por conta de doenças na família, ou seja, muitos gastos com medicação e exames (meus pais são idosos) e dependentes financeiramente com medicação, plano de saúde, fraldas, etc)

    Mas este ano gostaria de fazer um esforço para colocar em dia todo o débito. Espero ser contemplada com um bom desconto para que possa parcelar.

    Espero compreensão e uma orientação para o devo fazer.

    Obrigado.

    Rosimere Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


TOPO