Campina Grande ganha sua primeira fábrica de aviões nesta quinta-feira

A cidade de Campina Grande ganhará nesta quinta-feira, 30, a sua primeira fábrica de aviões. A empresa Stratus Aeronaves vai inaugurar o seu hangar sede, no aeroclube em São José da Mata, onde funcionará a fábrica e a oficina de manutenção de aeronaves. O ato solene, com a presença do prefeito Romero Rodrigues e outras autoridades, acontecerá às 9h no Aeroclube do Distrito de São José da Mata, localizado na BR-230.

O prefeito Romero Rodrigues se empenhou, pessoalmente, para viabilizar a instalação deste empreendimento. Romero Rodrigues compreende que a instalação de uma fábrica de aviões, no distrito de Campina Grande, garantirá o desenvolvimento para o município. A gestão é parceira do projeto e assegurou todos os incentivos fiscais e administrativos para a sua instalação.

O prefeito ressaltou, que o governo municipal viabiliza empreendimentos capazes de garantir o desenvolvimento local. Em sua visão, a instalação da fábrica vai oferecer novas oportunidades de trabalho aos campinenses, simbolizando um novo momento da cidade, de inovação e progresso no setor econômico.

De acordo com Romero Rodrigues, o governo municipal também já superou as pendências ou questionamentos jurídicos capazes de prejudicar a continuidade da instalação do empreendimento. Uma decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve, inclusive, a desapropriação da área onde está localizado hoje o aeroclube local, no Distrito de São José da Mata. Com isso, o processo de instalação da primeira fábrica de aviões da Paraíba está garantido.

A decisão da Justiça atendeu a uma ação de desapropriação, proposta pela Procuradoria Geral do Município. Além de ações como a desapropriação, cessão oficial de terreno e os investimentos realizados em infraestrutura, a Prefeitura Municipal promoveu incentivos fiscais objetivando estimular a implantação da fábrica.

A Stratus Indústria Aeronáutica, fabricante de aviões, será a primeira do segmento a se instalar na Paraíba. A primeira aeronave 100% paraibana poderá ser colocada no mercado até o inicio do ano que vem. Os engenheiros da empresa já elaboraram o designer e, agora, trabalham na fabricação dos moldes que permitirá a produção do modelo.

A nova indústria também vai atrair novos investimentos para a cidade, já havendo, inclusive, a sinalização de empresas de manutenção de aeronaves e de helicópteros querendo se instalar na região. A tendência, então, é de que seja instalado um verdadeiro parque aeronáutico no Estado.

Escolha por Campina – Campina Grande foi escolhida para sediar a empresa devido ao seu potencial tecnológico e por ter um curso de Engenharia Mecânica, reconhecido em todo o Brasil por ser um centro de excelência. A cidade também conta com o Centro de Tecnologia Aeronáutica do Senai.

Segundo a direção da Stratus Indústria Aeronáutica, a fábrica vai produzir dois tipos de aeronaves. A primeira, em fase de construção, tem capacidade para conduzir quatro ocupantes. O segundo tipo de avião comporta dois lugares, sendo que a fabricação deste modelo tem caráter mais esportivo. A fábrica ainda produzirá diversos componentes e servirá como campo de estágio. “Com isso, a empresa cumpre o objetivo da sua criação, que é a produção de aeronaves de pequeno porte de dois e quatro lugares, para atender ao mercado brasileiro com aeronaves seguras e de alta performance”, ressaltaram seus diretores.

No site da empresa foram publicadas outras informações sobre os produtos e parcerias da nova indústria campinense. Conforme a indústria, o Volato 400 é o primeiro modelo a ser produzido em Campina Grande, atendendo aos clientes que buscam um modelo de aeronave confortável, rápida, com boa capacidade de carga e de excelente custo/benefício, capaz de atingir grandes distâncias com rapidez e segurança. Esse modelo deverá ser comercializado ao preço de R$ 250 mil.

Parceiros – Em Campina Grande, a nova indústria de aviões receberá o apoio do Centro de Tecnologia Aeronáutica do Senai da Paraíba (CTA), onde são capacitados os seus colaboradores e também desenvolvidos novos itens e componentes para a produção de aeronaves. Já em Bauru (SP), conta com a Volato Aeronaves como parceira desenvolvedora e produtora e aeronaves e peças aeronáuticas.

A indústria local é ainda parceira da Empresa Volato Aeronaves, cuja sede está localizada em Bauru, com mais de 15 anos no mercado e que desenvolveu no Brasil as aeronaves Volato 400 e Volato 200 em união com o projetista norte americano Richard Trickell, criador das aeronaves Kis 2, Kis 4, Kis Cruiser, Super Pulsar e Pulsar Super Cruiser, totalizando mais de 300 aeronaves construídas e voando em todo mundo.

Com um time de especialistas, experientes na produção deste tipo de aeronaves, a Stratus oferece ao mercado aeronaves construídas com o que existe de mais moderno em material compósito a exemplo de fibras prepeg, honey comb e fibra de carbono.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO