STTP antecipa mudanças para estacionamentos

campanha_sttp2A Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), deu iniciou na manhã desta quarta-feira, 22, à execução de uma campanha educativa informando sobre a mudança de estacionamento na Avenida Canal.

Seguindo o cronograma de ações efetivas do projeto de alargamento daquela avenida, a partir de 1º de junho ficará proibido aos motoristas parar e estacionar seus veículos no lado direito da via, nos dois sentidos. A intervenção visa à melhoria no fluxo de automóveis, reduzindo possíveis congestionamentos naquela área.

Com uma ampla distribuição de panfletos explicativos, a campanha está sendo realizada através de vinte orientadores do DET (Divisão de Educação de Trânsito), com o auxílio de equipes de agentes de trânsito, no intuito de informar a toda população que trafega naquele trecho sobre as mudanças e seus benefícios, a partir do próximo dia 1°.

No planejamento da campanha informativa também serão implantados banneres, faixas e placas, por toda extensão da avenida, com orientações aos motoristas. Segundo o superintendente da STTP, Vicente Rocha, a mesma forma de comunicação será intensificada através dos meios de comunicação da cidade.

“Nós estaremos participando de diversos programas radiofônicos e televisivos, além de entrevistas à mídia impressa e portais de internet, divulgando e informando as ações e as mudanças que serão executadas dentro desse importante projeto de mobilidade urbana para a cidade”, disse Vicente.

O projeto de ampliação da avenida inclui ainda mudanças na sinalização, instalação de novos abrigos para usuários de ônibus e construção de três passarelas, melhorando a acessibilidade. As obras de alargamento da Avenida Canal, realizada em parceria com a Secretaria de Obras, é parte do programa de mobilidade urbana de Campina Grande e vai permitir a ampliação do trecho interligando a FIEP até o viaduto Elpídio de Almeida, oferecendo mais uma faixa na pista de rolamento e a conseqüente criação de um corredor exclusivo para ônibus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO