Campanha “16 dias de ativismo”: Maria da Penha fará palestra

Uma vasta programação voltada para mulher vai começar a ser desenvolvida pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, por intermédio da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, em parceria com várias instituições. O ponto alto será nesta quarta, 20, quando ocorrerá, na Câmara Municipal, uma palestra com Maria da Penha, que se tornou símbolo da luta contra a violência contra as mulheres.

Em solenidade no período da manhã, Maria da Penha receberá o título de Cidadã Campinense. À noite, haverá o “Show Mulher da Lei”, com Tião Simpatia, às 19h30, no Teatro Municipal Severino Cabral. A entrada será um quilo de alimento não perecível.

A programação faz parte da campanha “16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher”, criada em 1991, por um grupo feminista de diferentes países, reunido pelo Centro de Liderança Global de Mulheres, nos Estados Unidos, e que tomou proporção mundial diante da crescente violência contra o sexo feminino. No Brasil, a campanha teve início em 2003. Trata-se de uma mobilização educativa e de massa que luta pela erradicação da violência e pela garantia dos direitos das mulheres.

Em Campina Grande, a programação, que vai até o dia 10 de dezembro, acompanhando o movimento nacional, terá palestras, panfletagem e roda de conversa em vários bairros da cidade, presídio feminino e também no próprio Centro de Referência, situado no bairro da Prata.

Na Câmara Municipal, nesta quarta também ocorrerá apresentação da Banda de Pífanos Cantores da Colina, para recepcionar Maria da Penha, que, na palestra, tratará sobre a sua história de vida.  Ela dá  nome à Lei 11.340, de 2006, já que lutou quase 20 anos para colocar  seu agressor na cadeia.

Em Campina Grande, segundo a coordenadora Marli Castelo Branco, as denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas ao Centro de Referência da Mulher, Juizado da Violência Doméstica e Delegacia da Mulher. Os telefones de contato são: 180, 190, 197 e 3322-2368. Todas as ações são realizadas em parceria com o Governo do Estado, OAB, Secretaria de Estado da Mulher e Juizado da Violência Doméstica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO