Atenção Básica terá seminário sobre Hanseníase e Tuberculose

jane_eireA Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Campina Grande vai realizar, de 22 a 25 deste mês, o I Seminário de Atualização em Tuberculose e Hanseníase, voltado para os enfermeiros e médicos das equipes da Estratégia de Saúde da Família sobre as novas recomendações para o controle das duas doenças. A meta é capacitar cem profissionais durante os dias do evento, que vai acontecer a partir da próxima segunda-feira, no auditório do Centro de Educação e Tecnologia, antigo Museu Vivo da Ciência.

De acordo com a coordenadora do Programa Municipal de Controle Tuberculose e Hanseníase, Jane Eire Rocha de Araújo, a proposta é instrumentalizar os profissionais da Atenção Básica para prevenção, diagnóstico e tratamento precoce das duas doenças. “A expectativa é que possamos conseguir, de fato, o controle dessas doenças no município, por isso precisamos ter os profissionais preparados e qualificados”, explicou.

Segundo a coordenadora, o maior desafio no controle das duas doenças ainda está no abandono do tratamento, provocado, na maioria das vezes, pelo preconceito. “A capacitação dos profissionais vai ajudar muito para que possamos diminuir cada vez mais o estigma e a discriminação em relação à tuberculose e à hanseníase, pois os profissionais vão poder dialogar com mais clareza com a população sobre os cuidados na prevenção, como também a importância de seguir corretamente o tratamento”, afirmou.

Em Campina Grande, o tratamento das doenças é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em todas as UBS e no Centro de Referência de Tuberculose e Hanseníase, que funciona no Serviço Municipal de Saúde, no bairro da Prata. No ano passado, foram notificados 135 casos de tuberculose e 89 de hanseníase no município. Este ano, até o mês de junho, foram 73 casos de primeira e 53 da segunda. 

Programação do Seminário: 

22/07/2013

MANHÃ

8h30 – Abertura do evento

9h00 – Sessão Interativa (busca de sintomáticos respiratórios)

10h45 – Intervalo

11h00 – Sessão Interativa (diagnóstico da tuberculose)

12h00 – Intervalo para almoço 

TARDE

13h30 – Sessão Interativa (tratamento da TB)

15h30 – Coffee Break

15h45 – Sessão Interativa (eventos adversos e interações medicamentosas)

17h30 – Encerramento

23/07/2013 

MANHÃ

8h30 – Sessão Interativa (avaliação de contatos)

10h30 – Intervalo

10h45 – Sessão Interativa (comorbidades)

12h00 – Intervalo para almoço 

TARDE

13h30 – Sessão Interativa (controle de infecção)

15h30 – Coffee Break

16h00 – Sessão Interativa (controle de infecção)

17h30 – Avaliação do evento e encerramento

24/07/2013 

MANHÃ

8h00 – Entrega de material

8h30 – Palestra (Diagnóstico da Hanseníase)

10h00 – Debate em Plenária

10h45 – Intervalo

11h00 – Avaliação de Incapacidade

12h00- Intervalo para almoço

TARDE

13h30 – Palestra (tratamento da Hanseníase)

15h30 – Coffee Break

15h45 – Palestra (eventos adversos e interações medicamentosas)

17h30 – Encerramento

25/07/2013 

MANHÃ

8h30 – Palestra (avaliação de contatos)

10h30 – Intervalo

10h45 – Palestra (comorbidades)

12h00 – Intervalo para almoço

 TARDE

13h30 – Palestra (Ações de controle da Hanseníase e avaliação em menores de 15 anos)

15h30 – Coffee Break

16h00 – Palestra (Sistema de Informação- SINAN- Notificação de casos da Tuberculose e Hanseníase)

17h30 – Avaliação do evento e encerramento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO