Amde abre matrículas para curso de artesanato em couro

vila_doartesaoUma parceria entre a Prefeitura de Campina Grande, por meio da Agencia Municipal de Desenvolvimento (Amde), o Sebrae e a fábrica de calçados Tess está viabilizando a oferta de um curso de artesanato em couro na Vila do Artesão. As matrículas estão abertas até o dia 28 de fevereiro. O curso está previsto para iniciar no mês de março com carga horária de 24 horas/aula, sendo 6 horas/aula por semana com aulas nas terças e quintas, das 14h às 17h.

As matrículas podem ser feitas de terça à sexta, no horário das 10h às 16h, na Vila do Artesão, localizada à Rua Almeida Barreto s/n, no bairro de São José. Para efetuar a inscrição é preciso ser maior de 16 anos e estar matriculado na escola formal ou ter concluído o ensino médio.

No ato da matrícula, o aluno deve preencher o requerimento. Para os menores de 18 anos, a assinatura no requerimento de matrícula deverá ser dos pais ou responsáveis legais. Devem ser anexadas ao processo as cópias de RG, CPF e comprovante de residência, bem como da comprovação da escolaridade.

Ao final do curso o aluno que efetivamente frequentar um mínimo de 90% das aulas ministradas receberá certificado emitido pela Amde e estará automaticamente habilitado a receber incentivos via Banco do Povo. Mais informações sobre o curso e a matrícula podem ser obtidas pelo telefone 3322-2425.

SOBRE O CURSO

As aulas serão práticas, utilizando como material para produção o couro fornecido pela fábrica de calçados Tess, que funciona em Campina Grande e é produtora da sandália Kenner. “O resto da matéria-prima era descartado e com a parceria será revertido para as atividades do curso”, disse o coordenador da Vila do Artesão, Erasmo Rafael.

A ideia é que a produção do curso seja dividida entre o aluno, a Fábrica e a Vila do Artesão. Cada aluno deve produzir três peças, ficando com um delas. “Nós queremos abrir uma loja solidária aqui na Vila e a fábrica utilizará os produtos para fazer divulgação do projeto”, explicou Erasmo.

Este primeiro curso será ministrado pelo artesão Biagio Grassi. Ao todo, a Amde conta com oito artesãos vinculados ao projeto. Cada curso deve ter a duração de um mês e vai ser ministrado por um oficineiro com uma característica específica na exploração do couro como artefato artesanal.  Dentro os produtos que deverão ser confeccionados estão porta-niquel, chaveiros, pulseiras, colares, carteiras, dentre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO