Água mineral tem variação de 100% e gás de cozinha de 8%

AguaMineralXBotijaoGasO Procon Municipal de Campina Grande realizou mais uma pesquisa de preços da água mineral (garrafão de 20 litros) e do gás de cozinha de 13 quilos. O objetivo, de acordo com o órgão, é acompanhar os preços para evitar abusos e divulgar as variações para os consumidores.

Quanto à água mineral, foram verificados os preços de quatro marcas, ficando constatado que as marcas mais baratas são a Platina e a Itacoatiara, encontradas pelo menor preço de R$ 3,50 em depósitos do bairro do Dinamérica (Itacoatiara), Alto Branco (Platina) e em um posto de combustíveis da Conceição (Itacoatiara).

Já o preço mais caro foi verificado na marca Indaiá, ao valor de R$ 7, preço encontrado em seis dos 26 estabelecimentos pesquisados.  A variação entre o preço mais barato e o mais caro é, portanto, de 100%.

Gás de Cozinha

O gás de cozinha, botijão de 13 quilos, pode ser encontrado com preços entre R$ 37 e R$ 40, uma variação superior a 8%. O estabelecimento que oferece o produto pelo melhor preço é um posto de gasolina do bairro do Alto Branco.

O preço mais caro (R$ 40) verificado pela pesquisa é praticado na maioria dos estabelecimentos. O levantamento foi realizado em vinte pontos de venda de gás de cozinha de Campina Grande.

Os consumidores podem ter acesso a todos os dados das pesquisas de água mineral e do gás de cozinha na sede do Procon, situada na Rua Afonso Campos, nº. 304, 2º andar, Centro, ou ainda através do site www.proconcg.bp.gov.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TOPO